O que é PAIR e como prevenir?

Tempo de leitura: 5 minutos

No artigo de hoje vamos aprender o que é PAIR e como se prevenir. A audição desempenha um papel essencial na comunicação, e uma pequena perda auditiva é o suficiente para gerar efeitos negativos consideráveis sobre a fala, compreensão da linguagem, aprendizado e desenvolvimento social.

A perda auditiva é o resultado de danos às estruturas e fibras nervosas do ouvido, e esse tipo de problema é denominado de “perda auditiva induzida por ruído” ou simplesmente PAIR.

Nesse artigo vou explicar as causas mais comuns da PAIR e o que pode ser feito para prevenir a perda auditiva no ambiente de trabalho.

Causas e Sintomas da PAIR

A Secretaria da Saúde definiu que a Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) é causada pela exposição prolongada ao ruído. Na maioria dos casos ela afeta os dois ouvidos e costuma ser irreversível.

A perda auditiva devido ao ruído prejudicial no local de trabalho é referida como perda auditiva induzida por ruído ocupacional.

Uma das razões de as pessoas não perceberem o perigo do ruído, é que a exposição excessiva a ele causa poucos sintomas. A perda auditiva raramente é dolorosa.

A exposição frequente a ruídos altos ou moderadamente altos durante um longo período de tempo pode danificar o tecido mole e os nervos do ouvido interno – localizado dentro do crânio, e é a parte mais complexa do ouvido.

Sintomas de perda auditiva induzida por ruído

Pode ser difícil saber se você tem uma perda auditiva induzida por ruído, já que o início pode ser gradual e costuma ser percebido apenas com o tempo. No entanto, existem alguns sintomas que podem sugerir o problema:

  • Sensação de pressão no ouvido;
  • Ouvir zumbidos, principalmente quando está em silêncio;
  • Incapacidade de ouvir sons mais agudos;
  • Dificuldade em ouvir conversas em locais com barulhos;
  • Os sons parecem abafados e distantes.

Estes sintomas podem durar alguns minutos, horas ou até dias, após a exposição ao ruído. Muitas pessoas acreditam que quando os sintomas desaparecem, tudo volta ao normal, mas esse nem sempre é o caso.

Mesmo que não haja mais sintomas, algumas das células do ouvido interno podem ter sido danificadas pelo ruído. Portanto, a audição pode voltar ao normal se a maioria dessas células estiverem saudáveis, do contrário, o problema permanece.

A Norma Regulamentadora Nº 15 (NR-15), estabelece os limites de exposição a ruído contínuo, para prevenir a perda auditiva induzida por ruído no local de trabalho.

Como a PAIR é diagnosticada

Estima-se que 25% da população trabalhadora esteja exposta a um nível de ruídos que levará a desenvolver algum grau de PAIR.

Esse fato reforça a importância do acompanhamento, através de exames periódicos que permitam uma avaliação precisa da situação e indiquem as medidas necessárias para prevenção ou tratamento.

O diagnóstico da PAIR é feito por meio de exames clínicos e ocupacionais, em que a exposição atual ao risco é avaliada e os sintomas característicos são considerados.

O diagnóstico deve incluir também a avaliação audiométrica, que vai determinar o grau da perda auditiva (leve, moderado ou profundo), e identificar para quais frequências (alta ou baixa) houve essa perda.

Se o teste mostrar que o trabalhador possui perda auditiva, ele será encaminhado ao fonoaudiólogo ou ao otorrinolaringologista para um exame mais detalhado.

A perda auditiva geralmente é progressiva, isso significa que acontece durante um longo período de tempo. Por esse motivo é menos provável que você perceba que está acontecendo.

A PAIR pode ser evitada?

Seguir alguns passos simples pode protegê-lo da perda auditiva induzida por ruído:

  • Evite ou reduza a exposição ao ruído e a sons excessivamente altos. Este passo é especialmente importante para pessoas que trabalham em locais com muito barulho, como na construção civil, por exemplo;
  • Use protetor auricular ou abafador de som, garante uma proteção maior à saúde do profissional;
  • Faça exames periódicos, principalmente se você trabalha em ambientes que o expõe a ruídos e sons.

Não existe cura para a perda auditiva permanente, por isso é preciso evitar se expor ao ruído. Isso pode impedir que a perda auditiva piore.

Consequências do PAIR

A audição permite que você se envolva com o mundo ao seu redor, por isso ao ser afetado, você pode se sentir desconectado, ou mesmo isolado. E alguns fatores contribuem para esse tipo de comportamento:

  • Esforço e fadiga: atenção e concentração excessiva durante a realização de tarefas que impliquem a discriminação auditiva;

  • Ansiedade: irritação causada pelo zumbido, intolerância a lugares barulhentos e a interações sociais, aborrecimento pela consciência da deterioração da audição;

  • Dificuldades nas relações familiares: confusões pelas dificuldades de comunicação, irritabilidade pela incompreensão no ambiente familiar.

A Perda auditiva não é algo que você deve esconder ou ter vergonha. Uma vez identificado o problema, você pode aprender a lidar e começar a agir para tratar o mais rápido possível e evitar a progressão do problema.

Para concluir, a PAIR é um problema previsível, portanto pode ser prevenida. As ações preventivas dos profissionais diminuem a incidência de perda auditiva em ambientes de trabalho.

Eu espero que esse artigo tenha esclarecido as suas dúvidas em relação ao PAIR. Gostou? Então não deixa de acompanhar as novidades aqui no blog.

Se Gostou Curta nossa Fanpage

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *