Como fazer o cadastro no E-social

Tempo de leitura: 4 minutos

Como fazer o cadastro no E-social

Ainda está em dúvida se chegou a hora de formalizar a empresa? Não faz ideia de como fazer o cadastro dos funcionários e está quase desistindo só de pensar?

Muita calma nessa hora, e saiba que você não está sozinho. A burocracia é um dos principais motivos que fazem os empreendedores desistirem de abrir o seu negócio.

Nesse artigo vou ajudar a esclarecer as principais dúvidas sobre como é feito o cadastramento da empresa e do funcionários no E-social, facilitando todo o processo.

Quais são facilidades do E-social para o empregador?

Até 2014 os empresários sofreram uma grande dor de cabeça com a burocracia para cadastrar a empresa e os trabalhadores. Um problema recorrente na forma antiga de cadastramento, era a inconsistência das informações.

Foi por causa dessa complicação que o Governo Federal criou o E-social, para reunir em um único lugar as informações da empresa e dos seus funcionários.

Além de facilitar o trabalho das empresas, esse sistema tem por objetivo unificar e simplificar o processo, reduzir a burocracia, minimizar os custos, além de otimizar o tempo de cadastro.

O sistema do E-social é gerenciado pelos seguintes órgãos:

  • Caixa Econômica Federal

  • INSS

  • Ministério do Trabalho

  • Receita Federal

  • Secretaria da Previdência

Como realizar o cadastro?

O E-social é obrigatório para todas as empresas e empregadores que tenham pelo menos 1 funcionário.

A empresa ou empregador fornece as informações necessárias ao E-social, através do portal online do sistema, que possui uma interface simples e prática para que o empregador atualize periodicamente as informações da empresa.

Concluído o cadastro da empresa, é preciso iniciar o cadastro de cada funcionário. Essa é uma obrigação do empregador, e os dados dos trabalhadores devem ser enviados e atualizados com frequência.

Para evitar o conflito de informações e consequentemente problemas com o E-social, é necessário estar atento a cada detalhe na hora de preencher esses dados.

Um ambiente de testes foi criado, justamente para que a empresa se familiarize com o sistema e para que a ocorrência de erros na transmissão dos dados, diminua. Ressaltando que esse ambiente de testes é restrito, ou seja, limita a utilização para apenas 1.000 colaboradores por empresa.

Que tipo de dados o E-social exige para o cadastramento?

A empresa deve fazer o registro dos dados pessoais e de eventos referente às relações de trabalho de cada funcionário. Para que você entenda melhor, vou exemplificar:

  • Dados: nome, data de nascimento, o número do CPF e o NIS do funcionário;

  • Eventos: cargo, função, lotação, jornada de trabalho, férias, folha de pagamento, alteração salarial, admissão e demissão, dentre outros.

O sistema faz a integração de todas as informações, agilizando o processo e gerando transparência e credibilidade.

Qual a relação do E-social com a Segurança do trabalho?

A saúde e a segurança do trabalhador passaram a ser rigorosamente controlados pelo E-social. Os acidentes e doenças que possam ter relação com o ambiente de trabalho são fiscalizados, e a empresa é analisada quanto ao cumprimento da legislação de Segurança e Saúde Ocupacional.

Os eventos de SST – Segurança e Saúde no Trabalho listados pelo E-social são os seguintes:

  • S-1060 – Tabela de Ambiente de Trabalho;

  • S-2210 – Comunicação de Acidente de Trabalho;

  • S-2220 – Monitoramento da Saúde do Trabalhador;

  • S-2240 – Condições Ambientais do Trabalho – Fatores de Risco;

  • S-2245 – Treinamentos, Capacitações, Exercícios Simulados e Outras Anotações.

O empregador pode ser multado pelo E-social?

Sim, as empresas cadastradas que descumprirem as exigências do E-social, são passíveis de multa.

Como fazer o cadastro do e-social

Eu sou MEI, e agora?

Se você é MEI e não tem funcionário, então fica isento do cadastro. Mas se você como MEI tem um colaborador ativo, precisa fazer o cadastro através do “eSocial Web Simplificado MEI”.

Nessa ferramenta você vai lançar as informações do funcionário, gerenciar a folha de pagamento, gerar a guia de recolhimento e atualizar as informações periodicamente, como qualquer outra empresa.

Com as informações apresentadas neste guia, você já tem condições de iniciar o processo de abertura da sua empresa. Todo o processo é online, e essa praticidade economiza tempo.

Gostou de saber mais sobre como funciona o E-social? Então compartilha essas dicas com os seus amigos empreendedores, e não deixa de acompanhar as próximas publicações:

Se Gostou Curta nossa Fanpage
Se Gostou Curta nossa Fanpage

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *